Artigos

Inspiração nas palavras

Um conjunto formando frases ou apenas letras avulsas: não importa a disposição, a tipografia vem ganhando destaque na decoração e deixando os ambientes charmosos e descontraídos

O uso de tipografia na decoração está em alta. Esse recurso deixa o espaço mais criativo e divertido, e confere um ar cosmopolita ao interior dos ambientes. Ótima opção decorativa para estantes, nichos e aparadores, a tendência tem ganhando todos os espaços da casa.

“As letras possibilitam a personalização da decoração, permitindo que o morador se expresse, seja formando palavras, letras iniciais ou até isoladas. O conceito do uso das letras é uma proposta lúdica, trazendo para o décor algo diferente, mas que já faz parte da nossa rotina”, explica a arquiteta Marina Dubal, do escritório DAD Arquitetura.

Segundo Marina, o uso da tipografia é muito recomendado em ambiente como quarto de crianças, mas agora ganha espaço em outros lugares da casa, como cozinha ou área de estar. A decoradora Maria Cristina Bahia, que também é sócia na loja especializada em dormitórios Villa Maria, destaca que não há regras para usar as letras: “Elas precisam apenas ter um significado, fazer referência aos donos da morada, criar identidade”.

Pode-se lançar mão de vários materiais para compor as letras que fará parte da decoração. “Elas podem vir em resina, metal, madeira e outros. Existem até papeis de parede com tipografia”, conta Marina. Para completar essa lista, Maria Cristina traz mais sugestões. “Aço galvanizado, acrílico e espuma são boas opções de materiais para dar um toque especial às letras”, propõe a profissional.

Apesar de fazer referência aos usuários do espaços em que se encontra, a tipografia tem um conceito mais amplo: “As letras podem remeter a uma sigla, expressão, cidade ou até mesmo formar frases. O importante é que deixem o lugar bem descontraído”, ressalta Maria Cristina.

A tipografia é uma ótima e divertida forma de brincar com o alfabeto e ousar na decoração. “É um recurso simples e moderno que pode dar um up em qualquer ambiente”, encerra Marina.

Fotos:

Henrique Queiroga

Neste quarto projetado pela arquiteta Marina Dubal, as letras F fazem referência as iniciais do nome do casal

Juliana Buli

Segundo Maria Cristina Bahia, da loja Villa Maria, as letras permitem dar um toque descontraído ao espaço

Maria Cristina Bahia ressalta que as letras podem ser usadas de maneira a formar frase e, dessa forma, ajudam personalizar ainda mais o ambiente

 

 

Fonte: MÃO DUPLA COMUNICAÇÃO