Notícias

Segurança e funcionalidade sem abrir mão da beleza

Na hora de projetar a escada, é importante estar atento a detalhes como luz e largura dos degraus, para maior segurança. Sem, é claro, deixar a estética de lado, já que a escada também cumpre uma função decorativa.

A escada é item essencial no projeto de todo edifício, afinal, muita gente tem fobia ou não gosta de utilizar o elevador. Além disso, quando este está em manutenção é ela, a escada, a única opção dos moradores. Para que esse item seja mais seguro, funcional e bonito é preciso estar atento a algumas orientações.

“Para uma escada segura é imprescindível que a mesma contenha guarda corpo, piso antiderrapante, e janela para iluminação e ventilação natural. Para que seja funcional, a instalação de cerâmica de boa qualidade é ideal, pois facilita a limpeza e dispensa manutenção, além de ser muito bonita”, ensina Peterson Querino, diretor da Construtora Casa Mais.

A arquiteta Marina Dubal, do escritório Dad Arquitetura,  reforça: “As proporções corretas são vitais para uma escada confortável e segura, nada de degraus estreitos! Além das medidas de piso e espelho, complementos como corrimão e guarda-corpo devem fazer parte do projeto para que a escada esteja corretamente dimensionada e haja apoio e proteção. O cálculo dessas medidas é feito por profissionais da área de arquitetura e construção civil”.

O corrimão, aliás, é item indispensável. Ele serve de apoio, principalmente para idosos, para subir e descer os degraus com cuidado. A iluminação, que não pode ficar de fora desse tipo de projeto, pode ser natural ou não, desde que ofereça boa visibilidade dos degraus.

Peterson chama a atenção para outro elemento. “Nas escadas situadas em local de uso comum, devem ser evitado obstáculos, como vasos de plantas e outros itens de decoração. Em uma situação de emergência, objetos podem dificultar a passagem das pessoas e causar acidentes”, alerta.

Tomado todos os cuidados fundamentais para uma escada segura é hora de pensar na questão estética. A escada pode sim ser explorada como item escultural e ganhar valor decorativo. Ela pode, inclusive, com seus contornos e desenho, trazer mais personalidade e beleza ao projeto. “A escada pode agregar muito à decoração. Poder ser de madeira; com uma pegada mais rústica, de vidro, concreto ou metal; seguindo a linha mais moderna, e até mesmo de pedras; para um toque mais contemporâneo. No entanto, não se deve esquecer sua função principal: conectar dois ou mais níveis”, ressalta Marina.

O diretor da Casa Mais finaliza: “A escada pode ter cores, materiais, revestimentos e estilos diversos - reta, em espiral ou clássica. Com criatividade e ajuda de profissionais gabaritados, ela pode se tornar uma bela peça de design”.

Neste projeto, executado pelas arquitetas Marina e Fernanda Dubal, da Dad Arquitetura, a escada em estrutura metálica agrega leveza ao ambiente e possibilita inclusive o uso do espaço sob a escada sem criar áreas escuras e sombreadas

 

Fonte: MÃO DUPLA COMUNICAÇÃO / Foto: Henrique Queiroga