Notícias

A força do pensamento na decoração

Inserir nos ambientes objetos que representem um sonho, pode ajudar as pessoas a se manterem focadas na realização dele. É a decoração dando uma forcinha para a chamada Lei da Atração

Nova York é a cidade de destino do estudante, cliente da arquiteta Carmen Calixto. A plotagem na parede serve de estimulo ao jovem a realizar o seu objetivo. Foto: Rodrigo Marcandier

Há quem acredite que ao mentalizar um ideal, o caminho para chegar até ele se torna mais curto. De certa forma, essa afirmativa está correta, já que antes de executar algum projeto, qualquer pessoa primeiro o imagina, mentaliza, para depois partir para o plano físico de concretização.

Para ajudar a estimular as pessoas a focarem em seus planos e sonhos, profissionais de arquitetura e decoração dão uma forcinha inserindo nos ambientes elementos que representem os desejos das pessoas. Assim, elas sempre podem se lembrar de seus objetivos e se manterem mais focadas.

“Sempre converso bastante com o cliente sobre suas demandas do espaço como um todo, sobre seus gostos e seus desejos. Ao sentir que determinada coisa é muito importante para ele, eu procuro inseri-la no espaço de forma que ela se harmonize com as cores, texturas e demais elementos que usarei na composição”, comenta a designer de interiores Iara Santos.

Viajar é uma das coisas que mais estão nos planos dos brasileiros, por isso não é à toa que muitos elementos que fazem referência a um determinado país estão presentes nos projetos de interiores.

Em um dos ambientes assinado pela designer Iara Santos, por exemplo, a profissional inseriu mapas de metrôs das cidades de Nova Iorque, Milão e São Paulo na decoração para estimular o sonho da cliente, uma estudante de moda, que quer conhecer e trabalhar nesses locais. “Para que os elementos dialogassem com o espaço, o mapa foi feito com os mesmos tons usados no ambiente. Isso trouxe requinte e originalidade”, comemora Iara.

A arquiteta Carmen Calixto teve uma ideia semelhante à de Iara quando se deparou com o sonho de um cliente que queria muito morar em Nova Iorque. “Plotei a cidade desejada pelo cliente em seu quarto para que quando ele estiver relaxando no ambiente, possa aproveitar para sonhar com seus objetivos e até mesmo se imaginar em um lugar diferente da sua casa”, destaca Carmen.

Segundo ela, por meio da decoração, as pessoas podem ficar mais próximas de suas metas e sentir-se acolhidas. “Imagens, objetos ou elementos que remetam a lugares especiais ou pessoas queridas, fazem com que o morador ou usuário do espaço, possa se sentir mais confortável”, afirma a designer.

A decoradora e sócia da loja Villa Maria, especializada em soluções para dormitórios, Maria Cristina Bahia, diz que a procura por objetos e adornos personalizados que possam representar os sonhos das pessoas, principalmente o de viajar, tem aumentado. “Os produtos que remetem a símbolos marcantes do mundo estão em alta. Acredito que isso se deva ao fato de que as viagens têm se tornado algo possível de se realizar. Já não é uma coisa tão distante da realidade das pessoas”, observa a profissional.

Maria Cristina destaca ainda que a procura por esses objetos parte tanto de pessoas que desejam realizar uma meta quanto daquelas que já conseguiram. “Ao colocar almofadas, adornos e outros objetos que simbolizem a meta, o cliente quer provar pra si mesmo que aquilo é tangível e que ele vai conseguir realizar. Também há quem coloque esse tipo de adorno no décor como orgulho de ter conquistado um sonho e também como fascínio e lembrança”, encerra.

Foto: Daniel Mansur


Neste ambiente, projetado pela designer Iara Santos, o mapa de metrôs dos principais roteiros da moda fica próximo a área de estudo da jovem cliente servindo de estímulo para ela

Foto: Juliana Buli

Neste projeto, o papel de parede da loja Villa Maria retratando a Torre Eiffel, demonstra o desejo da cliente em conhecer Paris

Fonte: MÃO DUPLA COMUNICAÇÃO